bolachas de regresso às aulas

| 5 Comments



Procurei por 1001 blogs as melhores bolachas, queria que fossem como aquelas típicas americanas: crocantes por fora e macias por dentro. Descobri alguns truques:

- tirar as bolachas do forno quando ainda estão mal cozidas no centro (elas acabam de cozer quando arrefecem).

- metade da quantidade total de farinha ser farinha para pão (contém mais glúten).

- deixar a massa crua no frigorífico no mínimo 12 horas (também tem a vantagem de se ir podendo comer umas colheradas de massa crua de vez em quando, tãooo bom!).

As bolachas da foto levaram fermento (além do presente na farinha para bolos) mas eu prefiro não usar fermento porque ficam mais baixas e mais “massudas” por dentro.

A receita foi adaptada daqui.


  • 1 chávena de farinha para bolos
  • 1 chávena de farinha para pão
  • 1/2 colher de chá de flor de sal
  • 1/2 chávena de açúcar branco
  • 1/2 chávena de açúcar de cana integral
  • 150gr de manteiga
  • 1 colher de chá de extracto de baunilha
  • 1 ovo grande
  • 250gr de chocolate aos pedaços

Aquecer o forno a 200ºC.

Numa taça misturar os dois tipos de farinha e o sal.

Noutra taça bater os dois tipos de açúcar com a manteiga até ficar cremoso e em seguida juntar o ovo e a baunilha. A esta mistura juntar a mistura de farinha e bater apenas o suficiente para ligar tudo.

Juntar os pedaços de chocolate.

Colocar a massa coberta com película aderente no frigorífico durante pelo menos 12 horas.

Com uma colher de gelado colocar porções de massa num tabuleiro forrado com papel vegetal, bem separadas umas das outras. Polvilhar com flor de sal.

Colocar no forno durante 10 a 15 minutos, até estarem douradas nas bordas e pouco cozidas no centro. Arrefecer numa grade de cozinha.

5 Comments

  1. Os cookies estão me pedindo: ” por favor me levem!”

    sim, estou levando, a receita claro,

    mas farinha de pão? é mesmo? nunca ouvi falar,

    espero você me dizer,

    agradeço sua visita ao EternosPrazeres, e digo que adorei estar por aqui,

    Parabéns pelo delicioso blog

  2. Com essas bolachas maravilhosas até o regresso às aulas é bom! :P

  3. Oi, Lili!
    Recebi uma aula com essa sua postagem. Sempre que faço biscoito, não acerto o ponto e ficam secos. Vou adotar as suas dicas!
    Tal qual a Renata, desconhecia a diferença entre as duas farinhas. Vou procurar por farinha com mais glúten, porque aqui não tem distinção. Existe a farinha integral e comum, com ou sem fermento.
    Levando a receita!
    Fui no blogue que pegou a receita e achei outra com chocolate na mistura de farinhas.
    Beijus,

  4. Oi Lili,
    Aqui em casa somos todos apaixonados por essa bolacha, mas nunca me atrevi a fazer.
    Beijos

Leave a Reply

Required fields are marked *.